NESTE PORTAL VOCÊ ENCONTRARÁ NA SEQUÊNCIA:

1) Informações Gerais sobre o Movimento Religioso

2) Informações Gerais sobre a Igreja Presbiteriana Independente do Brasil

3) Desafios Missionários da igreja Presbiteriana Independente do Brasil em Parceria com a Igreja Presbiteriana dos Estados Unidos (PCUSA)

4) Links Parceiros

***********************************************************************************

2) IINFORMAÇÕES GERAIS SOBRE A HISTÓRIA DA IGREJA PRESBITERIANA INDEPENDENTE DO BRASIL:

            A Igreja Presbiteriana Independente do Brasil foi organizada em 31 de Julho de 1903, como resultado de conflitos internos na Igreja Presbiteriana do Brasil, fundada por missionários norte-americanos, em 12 de agosto de 1859. O primeiro missionário presbiteriano que deu origem a essa Igreja no Brasil foi Ashbel Green Simonton, proveniente do Seminário de Princeton, nos Estados Unidos. Ele organizou a primeira Igreja Presbiteriana no Rio de Janeiro em 1863. A Igreja Presbiteriana cresceu no Brasil, expandindo-se em todas as regiões do país. Isto também significa que de igual modo multiplicaram-se os pastores para a manutenção a manutenção das igrejas locais e campos missionários. Surgiram vários pastores nacionais, com cultura acadêmica e liderança diferenciadas. Entre esses pastores, destacamos os Reverendos Eduardo Carlos Pereira, Otoniel Mota, Alfredo Borges Teixeira, Vicente Themudo Lessa, Caetano Nogueira, entre outros.

            Foram causas determinantes da separação da Igreja Presbiteriana do Brasil e a organização da Igreja Presbiteriana Independente, a Questão da Maçonaria, a Questão Educativa e a Questão Missionária. A maioria dos missionários que dirigia a Igreja era constituída de maçons; vários pastores e presbíteros brasileiros entendiam que há incompatibilidade entre a fé cristã e a maçonaria. Na questão educativa, Eduardo Carlos Pereira entendia que a preparação de pastores para a Igreja Presbiteriana do Brasil deveria ser feita em um Seminário específico, com base efetiva na cultura brasileira, sem a influência do Mackenzie, por exemplo, na época fortemente influenciado pela cultura dos norte-americanos. Na Questão Missionária, a divergência entre líderes brasileiros e americanos era gritante. Sob a liderança de Eduardo Carlos Pereira, os brasileiros entendiam que a obra missionária deveria ser realizada de maneira direta, isto é, através da pregação direta do Evangelho, e não como faziam os jesuítas no trabalho de catequese para a conversão dos nativos.

            Na Plataforma lançada pelos brasileiros, seus principais pontos apontavam para a independência absoluta ou soberania espiritual da Igreja; desligamento dos missionários dos presbitérios nacionais; declaração oficial da incompatibilidade entre a maçonaria e o evangelho; a conversão das missões nacionais em missões presbiteriais ou autonomia dos presbitérios na evangelização de seus territórios; a educação sistemática dos filhos da Igreja pela Igreja e para a Igreja. Essa Plataforma, foi apresentada ao Sínodo da Igreja Presbiteiana na época, mas foi rejeitada na maioria de seu conteúdo. Os missionários norte-americanos não se dispuseram a deixar a liderança e reconhecer a soberania da Igreja nacional. A maioria dos pastores brasileiros aceitaram essa situação porque além de outros fatores, também dependiam economicamente dos missionários estrangeiros. Uma minoria de líderes, porém, corajosamente, pastores e presbíteros, preferiram sair da Igreja Presbiteriana do Brasil. Desta forma surgiu a Igreja Presbiteriana Independente do Brasil; uma Igreja Brasileira e soberana!

            Atualmente a IPI do Brasil está presente em quase todas as regiões do país. Tem bom relacionamento com a Igreja Presbiteriana do Brasil, de quem também é parceira ao honrar a tradição calvinista reformada. Algumas decisões de sua Assembléia Geral têm sido referência no contexto do protestantismo brasileiro: aderiu à ordenação feminina (pastoras, presbíteras e diaconisas); reconhece as uniões estáveis de casais para efeito de membresia; está filiada a organizações ecumênicas internacionais como o Conselho Mundial de Igrejas; admite a unção com óleo para a cura de enfermos; defende a dignidade humana, a justiça social,  e, acima de tudo, prega Jesus Cristo como único e suficiente Salvador. 

 

                             **************************************************************************************************************************************

 

3) DESAFIOS MISSIONÁRIOS DA IGREJA PRESBITERIANA INDEPENDENTE DO BRASIL EM PARCERIA COM A IGREJA PRESBITERIANA DOS ESTADOS UNIDOS:

 

BOLETIM INFORMATIVO

November, 2011

Em novembro de 2011 a Executiva da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil (IPIB) decidiu aprovar uma parceria com o “Presbyterian Immigrant Ministry” (PIM). A IPIB divulgará informações sobre este ministério para as suas igrejas locais, e também poderá contribuir doando Bíblias em Português e literatura cristã. Membros da IPIB que desejarem, poderao  contribuir financeiramente através da Secretaria de Evangelização da Igreja. Na foto acima, tirada  em Indianápolis, em Junho/2011, da esquerda para a direita, Rev. Áureo Oliveira - presidente da IPIB, Rev. Jonas Nascimento – da Secretaria de Evangelização  da IPIB, eo Rev. Gerson Annunciacao.

Na última reunião do Presbitério do Sul da Nova Inglaterra, houve um momento muito especial durante o relatório do PIM. Um jovem brasileiro, que esteve  preso por quase três meses na prisão de Plymouth, convidado pelo Rev. Gerson, compartilhou o seu testemunho. Wilson Paulino da Silva falou sobre a importância dos estudos bíblicos entre os imigrantes que estão presos. Durante o tempo em que Wilson esteve na prisão, a Igreja Presbiteriana Cristo é Vida, através Rev. Paulo de Tarso, deu assistência a sua família.

Eu ainda estou aguardando uma resposta do gabinete do xerife do Condado de Suffolk (Boston) sobre a possibilidade de iniciar estudos bíblicos naquelo centro de detençao. Os formulários de requesitados foram enviados, agora só podemos orar e esperar por uma decisão.

No dia 06 de novembro eu visitei a Primeira Igreja Presbiteriana em Hartford, Estado de Connecticut. Além de participar de um culto maravilhoso, logo após eu pude compartilhar informações sobre o ministério entre os imigrantes nas prisões. No dia 19 de novembro, eu compartilhei histórias sobre o meu ministério com os membros da Igreja Presbiteriana Providência, em Providence, Estado de Rhode Island.

Recebemos as seguintes doaçaos:

  • Synod of Northeast
  • First Presbyterian Church – Stamford, CT
  • Stewardship and Mission Committee - PSNE
  • United Parish of Fall River, MA
  • Providence Presbyterian Church
  • First Presbyterian Church – Newport, RI
  • Henry Ruppenthal, III
  • Joan & Jovelino Ramos
  • Patricia Wales

 

Afirmo a vocês que eles fizeram tudo o que podiam e mais ainda. E, com toda a boa vontade, pediram com insistência que os deixássemos participar da ajuda para o povo de Deus da Judéia e eles insistiram nisso. E fizeram muito mais do que esperávamos. Primeiro, eles deram a si mesmos ao Senhor e depois, pela vontade de Deus, eles se deram a nós também. (2Cor. 8:3-5)

 

Contribuiçoes no Brasil : Envie cheque em nome da IPI do Brasil – Rua Consolaçao, 2.121 – Consolaçao – Sao Paulo-SP CEP 01301-100.

Contribuiçao nos Estados Unidos: Envie cheque em nome de Presbytery Southern New England – 123 Elm Street # 200 – Old Saybrook, CT - 06475

IMPORTANTE: Comunique que sua contribuiçao é para apoiar “Presbyterian Immigrant Ministry”.

Visite o nosso Blog: https://presbim.wordpress.com/

 

 

 

Frequência nos Estudos Bíblicos

 

 

Data

Prisao

Unidade

Frequencia

01/11/

PCCF

FS3

01

01/11

PCCF

C3

37

01/11

PCCF

E3

03

02/11

BCSO

GC

13

04/11

BCSO

ICE A

12

04/11

BCSO

ICE B

08

08/11

PCCF

FS3

02

08/11

PCCF

C3

28

O8/11

PCCF

E3

09

09/11

BCSO

GC

09

11/11

BCSO

ICE A

16

11/11

BCSO

ICE B

12

15/11

PCCF

FS3

03

15/11

PCCF

C3

24

15/11

PCCF

E3

06

16/11

BCSO

GC

12

18/11

BCSO

ICE A

13

18/11

BCSO

ICE B

08

22/11

PCCF

FS3

02

22/11

PCCF

C3

21

22/11

PCCF

E3

07

23/11

BCSO

GC

12

25/11

BCSO

ICE A

10

25/11

BCSO

ICE B

09

29/11

PCCF

FS3

02

29/11

PCCF

C3

12

30/11

BCSO

GC

12

 

Histórias Da Prisão

No início de novembro, na manhã de uma terça-feira, eu estava indo para dirigir um estudo bíblico na unidade FS3 em Plymouth. Esta é uma unidade em que a freqüência dos presos no estudo da Bíblia é sempre pequena. Eu pensava se valia a pena ir nessa unidade. Quando cheguei lá um dos prisioneiros me viu de longe e acenou como se ele estivesse feliz em me ver. Quando entrou na sala de estudos ele me disse que já havia participado de um estudo bíblico em outra unidade e, como ele havia sido transferido para a FS3 ele estava triste porque ele não sabia se lá também alguém poderia explicar a Bíblia para ele. Esta foi a causa de toda a alegria em me ver entrar na unidade FS3 naquela manhã. Eu fique envergonhado de ter pensado se valai a pena visitar aquela unidade. A alegria no rosto de Rodrigo, ao me ver e o interesse para participar do estudo da Palavra deu-me esta certeza: vale a pena pregar a Palavra de Deus, até mesmo para uma única pessoa.

 

Citações de cartas dos presos

 

Agradeço o Pastor Gerson por visitar-me. Eu sempre peço a Deus que Ele continue ao lado dele. Agradeço também a igreja porque ele me ajudou muito. Eu vim para este País para buscar algo que eu sempre sonhei, mas isso não foi possível. Mas ainda estou na rocha que é Jesus, o Rei dos reis. Eu vou ser deportado, mas Jesus também está lá. Eu vou lutar com unhas e dentes para ter sucesso, porque eu preciso começar tudo de novo. Eu não sei qual é o plano que Deus tem para minha vida. No entanto, vou tentar segui-lo até o fim da minha vida. Continuem orando por mim. Elizeu - Brasil (05/03/2007)

 

Saudamos os queridos irmãos e irmãs, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, na esperança de que vocês receberam esta carta vitoriosos em Cristo. Estamos muito gratos para o ministério do nosso pastor Gerson, que traz para nós a Palavra de Fé todas as sextas-feiras. Nós nos sentimos privilegiados para ver que o nosso pastor e irmão Gerson, com tanto amor e carinho, se esforça para cumprir ordens de "ir" dada pelo nosso Senhor. Nós os saudamos e queremos dizer que vocês tem sido de grande ajuda espiritual para nós. Saudações dos seguintes irmãos: Antonio, Miguel, Armando, Persis, Elvin, Charles, Hitali, Manuel, Mario, Analy, Moisés, Vincent, William, Luis, Angelo, Beato, Josimar, Ronison, Fabiano, Anderson, Nellie, José, Mario, José M., Aris. (Carta enviada em Novembro/2011 e assinado por presos da Unidade A da prisao em Bristol.)

 

 

4) LINKS PARCEIROS:

Igreja Presbiteriana Independente do Brasil: www.ipib.org

Fundação Eduardo Carlos Pereira: www.fecp.com.br

Conselho Latino-Americano de Igrejas (CLAI): www.clai.org

Associação Seminários Teológicos Evangélicos (ASTE): www.aste.org.br

Editora Pendão Real: www.pendaoreal.com.br

Sociedade Bíblica do Brasil: www.sbb.org.br

Instituto Ecumênico de Pós-Graduação (UMESP): www.metodista.br/posreligiao

Conselho Mundial de Igrejas (CMI): www.wcc-coe.org

Igreja Presbiteiana dos Estados Unidos: www.pcusa.org

 

                         ********************************************************************************************************************************************

 

 

© 2011 Todos os direitos reservados.

Crie o seu site grátisWebnode